Google+ Badge

PROSÓDIAS

FACEBOOK

FESTINA LENTE PELO MUNDO

Map
Loading...

Follow by Email

BO ! (aramaico)

junho 16, 2008

O título? Ora, títulos...

Eis uma bela estrofe de poema, do José Régio, cujo título não importa aqui.
Digamos que seja de domínio público. Defeco e caminho para títulos, aliás.
E, aliás, não é o caso do título do poema, apenas dispensável neste caso:

(...) "Ah, que ninguém me dê piedosas intenções !
Ninguém me peça definições !
Ninguém me diga: "vem por aqui" !
A minha vida é um vendaval que se soltou.
É uma onda que se alevantou.
É um átomo a mais que se animou...
Não sei por onde vou,
Não sei para onde vou,
-Sei que não vou por aí !
Postar um comentário