Google+ Badge

PROSÓDIAS

FACEBOOK

FESTINA LENTE PELO MUNDO

Map
Loading...

Follow by Email

BO ! (aramaico)

setembro 25, 2008

Primeiro CONCURSO DE MICROCONTOS PELO TWITTER-140

Busquem no Google esclarecimentos sobre essa modalidade ágil de comunicação online - o Twitter-140 .
Twitteiros já recolhem mensagens em programas como o "Roda Viva" da TV Cultura. Inscrevi 25 Mcs
de dez palavras (sem título; a exigência era torná-los precedidos do nome do autor mais #140 . Reservo
parte de um dos Fragmentos do meu doutorado à importância do título e a apropriação, pela mídia publicitária
de caráter utilitarista, das micronarrativas que tão bem se adequam aos 140 caracteres previstos pelo Twitter.
Vá lá, trata-se de um momento especial - um concurso de microcontos sem precedentes via novíssimas mídias
que servirão à telefonia móvel (SMS); aos "torpedos" - postei 25 dos meus, monofrásicos e de dez palavras.
O link para acesso a eles (a partir da página 11) e os demais (uns 350 !) é http://tinyurl.com/140letras e o
resultado está prometido para 30 de setembro próximo. Há um frescor nessa iniciativa e algumas esparrelas que
ainda não se revelam à exame mais crítico, naquilo que toca a literatura. Mas, ficar nas conjecturas...Vá lá!
Interessante não ter notado a presença de microcontistas do primeiro time...Desdenharam? Declinaram, prudentes? Subtraídos seus títulos, meus trabalhos restaram um tanto desamparados de recursos semânticos, retóricos. A própria aventura da concisão ficou meio capenga. Terá valido a experiência. Sim, sempre vale.

setembro 16, 2008

"Sobre a Explosão na "E.H.M." -Desdobramentos"

ATENÇÃO:

Recém saído do forno, na linha experimentalista de ficção temporal (sem marcadores temporais), o conto
não tão breve (exatas 99 linhas) em parágrafos de 12, estará à disposição de leitores "raros" a partir da visita de
número 3.000 do "Festina Lente". Há que merecer alguma pompa nessas circunstâncias. Por comprometimento
editorial e disputa de prêmio literário, fornadas recentes hibernam, majestosamente pulsantes. É tudo.