Google+ Badge

PROSÓDIAS

FACEBOOK

FESTINA LENTE PELO MUNDO

Map
Loading...

Follow by Email

BO ! (aramaico)

janeiro 10, 2012

BALIZAS


BALIZAS

Por Marco A. de Araújo Bueno

Há distância em teus olhos
De lonjuras tão lilases.
De parecer que os olhos comprimem
Horizontes ao infinito.

De parecer com os versos que fito 
E  que rimam com nada;
Ressoam  ao infinito, distâncias...
Lonjuras comprimidas por lábios de rocha.

Os olhos dizem sim;
Os lábios – nunca .
E o soneto se finda num terceto faltante.


Postar um comentário