Google+ Badge

PROSÓDIAS

FACEBOOK

FESTINA LENTE PELO MUNDO

Map
Loading...

Follow by Email

BO ! (aramaico)

julho 19, 2011

XHAMÃ SENTADO EM SUA CADEIRA BARCELONA



(Dedicado ao psicanalista e poeta Marco Antônio de Araújo Bueno)


O xamã sitia espaços sibilinos e descobre oníricas couraças.


Na textura das palavras

desvenda temores infantis.

No leque das frases,

libélulas de esperança.


Desafia lembranças perdidas em olhares despedaçados,

vasculha terrores noturnos,

farpas de ódio

e amores perdidos.


O psicanalista indaga e silencia.

Invade os pesadelos

e encontra princesas esquecidas.


Por fim, descobre os subterfúgios

e assinala trilhas desconhecidas

nas curvas da espessa linha do tempo

(subjetiva).


Sementes de lembranças crescem


entre as cinzas do esquecimento,

o xama

(sentado em sua cadeira Barcelona)

espera calmamente pelo milagre do renascimento.
Postar um comentário